Aplicativo brasileiro ganha o mundo no auxílio à acessibilidade

“Se você tem alguma dificuldade de locomoção e não é munido de informação, prefere não sair de casa. O guiaderodas surgiu para dar essas informações para as pessoas”. Revela o autor do projeto, Bruno Mahfuz, de 33 anos, cadeirante há 16 anos.

O aplicativo, criado em 2016, apoia o usuário em quais estabelecimentos são acessíveis às pessoas que têm dificuldade de locomoção com ranqueamento do local e facilidades encontradas como uma rampa, uma porta que dê para passar uma cadeira de rodas, um bom espaço entre as mesas, a altura das mesas, banheiros acessíveis, etc. para as pessoas que têm necessidades especiais.

Mesmo com vários locais afirmando ter acessibilidade, muitas vezes a experiência não é positiva para o portador de deficiência. Ai entre o Aplicativo Guia de Rodas, que possibilita de maneira colaborativa uma visão do ponto de vista do acesso às necessidades especiais.
No app, disponível para iOS e Android em português, inglês e espanhol, o usuário classifica os lugares por cor: verde para acessível, amarela para parcialmente acessível e vermelha para não acessível. Os ainda não avaliados aparecem na cor cinza.

Todos os locais são encontrados a partir do banco de dados do app de geolocalização Foursquare e estão divididos em seis categorias: restaurantes, vida noturna, compras, diversão, hospedagem e saúde.

A criatividade e a técnica brasileiras ajudando a transformar o mundo. Na última visita ao aplicativo encontramos mais de 5 mil locais avaliados, inclusive por muitos usuários que não são portadores de nenhuma deficiência, pura solidariedade.

 

 

(fotos Divulgação)