Exposição das mudanças urbanas e culturais de SP em mais de 200 imagens

Exposição com cerca de 251 imagens relaciona o crescimento da cidade com os movimentos literários do século 19.

O panorama das mudanças urbanas, arquitetônicas, culturais e sociais que marcaram a cidade de São Paulo na segunda metade do século 19 é tema da nova exposição de longa duração da Casa das Rosas – Espaço Haroldo de Campos, instituição da Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo gerenciada pela Poiesis, que abre dia 26 de maio, sexta às 19h30. Dividida em dois eixos, Urbanidade e Inovação, a mostra reúne centenas de fotografias e poemas reproduzidos que narram a história da Avenida Paulista e a efervescência artística e cultural dos movimentos literários de vanguarda do período que tinha Haroldo de Campos como um dos agentes centrais.

Inovação apresenta uma linha do tempo com a trajetória da literatura e da poesia brasileira. Iniciando com a tradução de Odorico Mendes dos clássicos Ilíada de Homero, passando por Sousândrade, conhecido como um dos precursores das vanguardas modernas do século XX, a atuação de Mário de Andrade na Semana de Arte Moderna (1922), a inserção do haikai na literatura pelo poeta Guilherme de Almeida, a criação do movimento concretista (1960) e por fim os movimentos de vanguardas do século XX, estudados e absorvidos pela nova geração de poetas.

Paralelamente aos movimentos culturais, a modernização da cidade de São Paulo ganha destaque no Eixo Urbanidade que projeta imagens históricas da Paulista, mostrando a época em que a avenida era ocupada por grandes mansões semelhantes à Casa das Rosas e a rápida substituição de todas por arranha-céus e edifícios.

“Ao dispor em paralelo as mudanças da cidade e da arte, é possível identificar que ambas são organismos vivos e constantemente mutáveis. Não falo de transformações num sentido evolutivo, atrelado a uma ficção de progresso, como se o anterior fosse pior do que o posterior, mas da rica expansão cultural proporcionada pela união e influência mútua de formas diferentes de expressão e vivência”, conta o curador Rodrigo Bravo.

SOBRE A CASA DAS ROSAS

A Casa das Rosas – Espaço Haroldo de Campos é um museu dedicado à poesia, à literatura, à cultura e à preservação do acervo bibliográfico do poeta paulistano Haroldo de Campos, um dos criadores do movimento da poesia concreta, na década de 1950. Localizada em uma das avenidas mais importantes da cidade de São Paulo – Avenida Paulista – o espaço realiza intensa programação de atividades gratuitas, como oficinas de criação e crítica literárias, palestras, ciclos de debates, exposições, apresentações literárias e musicais, saraus, lançamentos de livros, performances e apresentações teatrais, entre outros.

 

 

SERVIÇO:

Exposição Transformações

Abertura: 27/5, sábado às 19h30.

Grátis. Exposição de longa duração.

Visitação: de terça a sábado, das 10h às 22h. Domingo e feriados, das 10h às 18h.

Casa das Rosas – Espaço Haroldo de Campos de Poesia e Literatura

Avenida Paulista, 37 – próximo à estação Brigadeiro do metrô.

Funcionamento: de terça a sábado, das 10h às 22h. Domingos e feriados, das 10h às 18h.

Convênio com o estacionamento Parkimetro: Alameda Santos, 74 (exceto domingos e feriados).

Telefone: (11) 3285-6986 | (11) 3288-9447 | www.casadasrosas.org.br