“Doce ou Salgado?”, o livre pensar sobre a alimentação por Raul Lody

A culinária guarda muitos elementos da nossa identidade, que o livro “Doce ou Salgado?” apresenta com a erudição de fácil digestão e entendimento por Raul Lody.

 

O antropólogo, museólogo e escritor de extensa obra Raul Lody tem se dedicado, há muitos anos, ao estudo da alimentação como importante instrumento formador da identidade brasileira. O ponto de partida de Lody foi a obra de Gilberto Freyre, de quem foi aluno e discípulo; o ponto de chegada é o Blog Brasil Bom de Boca (brasilbomdeboca.com.br), onde tem publicado esse percurso nos últimos dois anos.

O eBook “Doce ou Salgado?” é a compilação de alguns dos artigos publicados, organizados de maneira a oferecer um painel sofisticado da cozinha como identidade, trazendo de referências cotidianas, como os tabuleiros da baiana, aos escritos conceituais sobre a civilização do açúcar ou do Manifesto Regionalista de Freyre.

“Certamente é no cotidiano, nas festas, e nas celebrações religiosas que a comida e a bebida expõem a história, o meio ambiente e as matrizes étnicas. E assim, ingredientes, receitas, alimentação, e ecologia, misturam-se; e tudo isto possibilita uma compreensão inovadora, contemporânea, atual para época, e para os dias de hoje. A comida foi uma escolha de Gilberto para interpretar o brasileiro. As muitas questões e revelações de Gilberto Freyre sobre a comida na sua dimensão sociocultural é, ainda, um tema tratado por poucos estudiosos.” Escreve Lody em um dos primeiros artigos.

 

Raul Lody e Gilberto Freyre na década de 80

 

A comida é um dos temas dominantes deste século que se inicia. A ela se associam os cenários da fome, da abundância, do desperdício, das graves transformações do meio ambiente; e de uma crescente mobilidade entre os continentes na busca pelos alimentos.

A publicação fala dos vários insumos, pratos, preparos e seus impactos em nosso cotidiano, sempre com muita informação e contextos para o prazer das papilas gustativas dos leitores. Como no artigo dos bolos, tão ligados à nossa alimentação.

 “Também o significado de um bolo é repleto de valores familiares, de festas, de ritos de passagem; dos prazeres de se viver o milho, a mandioca, o chocolate, as frutas, os cremes; as coberturas de açúcar e frutas cítricas com a técnica do “glacê mármore”, branco e compacto, uma verdadeira delicia de cobertura, e se o bolo for o de frutas secas mergulhadas no vinho do Porto ou Moscatel, com a estimada receita de “bolo de noiva”, uma releitura do bolo de frutas inglês, um bolo do tipo “bolo-presente” para festas e celebração.”

 

Foto do livro Doce ou Salgado? por Jorge Sabino

 

“Doce ou Salgado?” foi dividido em quatro blocos: as ideias e os conceitos sobre a culinária brasileira na linha do tempo; os elementos que compõe nossos pratos como o açúcar, o pão, a canela, a banana; os pratos que não podem faltar em nossas mesas como o pirão, o vatapá, o sarapatel, os doces; e a conclusão onde o contemporâneo vai buscar suas raízes para a busca da modernidade e do prazer.

“Da busca da identidade, e do ser diferente, nasce o sentimento do “típico” como uma forma capaz de individualizar e, ao mesmo tempo, de estratificar as maneiras de se interpretar uma região, um segmento étnico, um povo, uma nação.”

Pois é a comida um excelente instrumento para simbolizar e pensar um território, uma história, uma sociedade, uma cultura. O eBook “Doce ou Salgado?” dedica um olhar privilegiado para a comida como método de interpretação das relações sociais dos brasileiros.

Um livro literalmente gostoso de ler, ilustrado com as belas fotos de Jorge Sabino, sempre no contexto saboroso dos artigos publicados.

 

Foto do livro Doce ou Salgado? por Jorge Sabino

 

Sobre Raul Lody

Raul Lody é antropólogo, museólogo e professor brasileiro, responsável por vários estudos na área das religiões afro-brasileiras. Atualmente é um dos maiores especialista em gastronomia, arquitetura, estética, ecologia e religiosidade no Nordeste brasileiro, especialmente em Pernambuco, usando a experiência de Gilberto Freyre, ponto de partida para suas pesquisas e escritos.

Formou-se em Etnografia e Etnologia pelo Instituto de Antropologia da Universidade de Coimbra, Portugal, com especialização no Laboratório Etnográfico desta Universidade e ainda no Instituto Fundamental da África Negra, em Dakar. É Doutor em Etnologia pela Universidade de Paris. Raul também é membro da Academia Brasileira de História, da Academia Brasileira de Belas Artes, do Instituto Geográfico e Histórico da Bahia, entre outras atividades.

Suas principais pesquisas antropológicas e etnológicas resultaram na publicação de inúmeros livros e artigos, como o Dicionário de Arte Sacra e Técnicas Afro-Brasileiras, com 1.416 verbetes.

 

Sobre Jorge Sabino

Jorge Sabino, pernambucano, graduado em Artes Gráficas, com especialização em fotografia.

Atua desde 2006 em pesquisas de campo no Brasil com o tema “doçaria tradicional”, também desenvolve pesquisas visuais sobre “as rotas do Açúcar no Mediterrâneo,” tendo registrado em muitas viagens as regiões do Algarve, Ilha da Madeira, Ilha Terceira, Açores, grande Lisboa, em Portugal; regiões da Catalunha e de León e Castilla, na Espanha; regiões do Lacio, Torino, Toscana, Campanha, Sicília, na Itália; Marrocos, Argélia, Tunísia, quando na África; realizou apoio à pesquisa para os livros: Brasil bom de boca; A Virtude da Gula, Águas de Comer, todos de Raul Lody, edição Senac São Paulo; assina com exclusividade todas as fotografias do Dicionário do Artesanato Popular Brasileiro, Ibep Nacional.

 

Sobre a Nova RAIZ

A Nova RAIZ é uma publicação nacional sobre a cultura do Brasil, especialmente a cultura independente e popular, presente nas bancas de jornal e nos aplicativos para as mídias móveis. Crônica das atividades, eventos e temas de destaque da indústria criativa da cultura urbana e da periferia: saraus, rodas de samba, festivais, festas, slams, hiphop, entre tantas manifestações, eventos e artistas.

Em operação desde 2005, a Revista RAIZ constitui-se em uma plataforma voltada a promoção da Identidade Brasil, suas manifestações, seus personagens, as artes reveladas no diálogo com as muitas culturas praticadas em todo território nacional.

A cultura das ruas, a cultura das roças, a cultura das matas, a cultura das quebradas, a arte praticada com criatividade encontra na RAIZ o seu meio de divulgação.

A Nova Raiz já publicou o eBook “Kamikazes, em nome da paixão” de Fábio Pandora, com a história romanceada da formação das torcidas organizadas no Brasil e, vai lançar em breve uma coleção de teatro para a formação infantil nas escolas.

 

SERVIÇO:

eBook “Doce ou Salgado – o livre pensar sobre a comida e a alimentação”

ISBN: 9781521701102

Disponível na Amazon.com

https://www.amazon.com/dp/B073D9JZJ4/ref=cm_sw_r_cp_dp_T1_K4Tuzb1YT3G3W

 

 

 

 

(Fotos reprodução e de Jorge Sabino)