O Festival de Cinema Ecocine celebra 25 anos com o tema Povos Originários

O cinema ambiental do ECOCINE celebra 25 anos em 2017 com programação especial nas cidades paulistas de São Paulo, Campinas e São Sebastião

 

O ECOCINE, tradicional festival internacional de cinema ligado às questões ambientais e direitos humanos, celebra seus 25 anos trazendo como tema os POVOS ORIGINÁRIOS, na cosmovisão de diversas culturas e etnias para a preservação do planeta. Acrescentando um novo ingrediente na sua formulação temática: o conceito do Bem Viver, como critério para a avaliação das obras inscritas e programação.

Segundo Ariane Porto, criadora e diretora do ECOCINE: “Trazer o olhar para uma sociedade mais humanizada e justa para com seus pares é muito importante em um momento de tantos questionamentos, assim agregamos o conceito do Bem Viver, que é resultado da harmonia dos direitos humanos e do planeta, que sempre foram o nosso mote”.

As atividades se iniciam no dia 01/11 com a Abertura da ECOCINE 25 ANOS no Encontro Internacional de Ciências Cognitivas (EBICC), na USP em São Paulo. O ECOCINE POVOS ORIGINÁRIOS segue para a Unicamp, na cidade de Campinas – SP e em exibições em escolas públicas. Finalizando em São Sebastião – SP nos dias 09 e 11 com a Mostra Competitiva e programação de filmes e oficinas em toda cidade, resgatando o percurso do ECOCINE de fomentos e projeções, que desde 1992 construiu sua história no pioneirismo da conscientização pela preservação do meio-ambiente.

O ECOCINE volta para a cidade litorânea de São Sebastião, onde as três primeiras edições do festival ocorreram, antes de torna-se um festival itinerante, que já circulou com edições do festival e mostras em várias cidades do país, tais como São Paulo, Campinas, Paulínia, São Carlos, São Sebastião, Manaus – AM (Amazonas Film Festival) e Paraty – RJ (Festival Paraty Ecofashion).

Além de cerca de 30 obras audiovisuais, desde shortfilms (até 2 minutos) até longas-metragens, também farão parte da programação oficinas de animação e audiovisual e mesas de debate sobre o Bem Viver, com especialistas no tema como Josimar Azevedo, Hamilton Faria, Célio Turino, Cristine Takuá, entre outros.

Os critérios do ECOCINE privilegiam uma leitura cinematográfica, isto é, podem ser selecionadas obras não diretamente ou intencionalmente ambientalistas, mas que trazem ideias e temas correlatos, tendo como suporte o audiovisual em seus diversos formatos: animação, ficção e documentário. “O ECOCINE é um festival de cinema, então a linguagem do audiovisual sempre será um elemento definidor em nossa mostra competitiva”, afirma Ariane Porto.

As inscrições, assim como todas as atividades ao público do ECOCINE 25 ANOS – POVOS ORIGINÁRIOS são gratuitas. As obras podem ser inscritos de 09 de outubro de 2017 a 18 de outubro de 2017 pelo site do ECOCINE (ecocine.eco.br).

 

 

PROGRAMAÇÃO

(novas atividades podem ser inseridas, que serão informadas em nosso site e redes sociais)

São Paulo – SP

1/11

20h00 – Abertura da Ecocine 25 anos – Povos Originários durante a EBICC – Encontro Internacional de Ciências Cognitivas / USP

 

São Sebastião – SP

9/11

20h00 – Credenciamento e Abertura da Ecocine 25 anos – Povos Originários

10/11

10h00 – Oficina animação audiovisual com Célia Harumi Seki do Projeto Animafro

17h00 – Mesa Bem Viver e os povos originários com a participação de Celio Turino e Cristine Takuá

11/11

14h00 – Mesa Cartografia Audiovisual do Bem Viver com a participação de Josimar Azevedo e Hamilton Faria

Veja mais no site do ECOCINE 25 ANOS – POVOS ORIGINÁRIOS: ecocine.eco.br E nas redes sociais em: @ecocine.festival

O ECOCINE 25 ANOS – POVO ORIGINÁRIO é gerido e organizado pela TAO Produções Artísticas com sede na cidade de Campinas – SP, com a participação e o apoio do Instituto Casa Comum (ICC).

 

FICHA TÉCNICA

Direção geral: Ariane Porto

Direção artística: Teresa Aguiar

Curadoria e Coordenação técnica: Kk Araújo

Produção Executiva: Bernadete

Produtor: Marcelo Gomes

Produtora e assistente técnica: Thais Seixas

Coordenadora de mesas, oficinas e palestras: Silvana Bragatto

Comunicação e site: Gustavo

Estagiária de comunicação: Thamires Seixas

Captação: Corali Pedroso

Prestação de contas: Bernadete

 

 

CONTATOS

www.ecocine.eco.br

@ecocine.festival

www.grupotao.org.br

 

 

APOIOS

USP – São Paulo – SP

UNICAMP – Campinas – SP

Instituto Colibri – Paraty – RJ

Prefeitura Municipal de São Sebastião – SP

CiaRio – Centro de Infraestrutura Audiovisual

Instituto da Casa Comum (ICC)

Prumopro

 

 

 

(Fotos Divulgação)