25º Festival do Filme Documentário e Etnográfico Fórum de Antropologia e Cinema

berto Mauro e Galeria Mari’Stella Tristão do Palácio das Artes, em Belo Horizonte. Festival do Filme Documentário e Etnográfico – Fórum de Antropologia e Cinema é realizado pela Associação Filmes de Quintal, em parceria com a UFMG (Universidade Federal de Minas Gerais).

Ler mais

Velha Guarda da Portela é celebrada com curta de animação “O Senhor do Trem”

A importância da Velha Guarda da Portela para a preservação da memória da cultura negra no Rio de Janeiro foi o gancho principal para a origem do curta de animação “Senhor do Trem”, filme idealizado pela Rede Carioca de Rodas de Samba.

Ler mais

Documentário Territórios de Resistência – Florestanias, Sertanias, Ribeirias

O Sesc São Paulo lançou o documentário “Territórios de Resistência – Florestanias, Sertanias, Ribeirias”, na plataforma Sesc Digital: Cinema – #EmCasaComSesc, e no site do SescTV. Fruto de uma parceria entre o Sesc Ipiranga, o Museu do Ipiranga e a Universidade de São Paulo (USP), a obra parte do registro da última atividade realizada durante a Ocupação Museu do Ipiranga, em 2019, para ressignificar o trabalho na perspectiva do audiovisual.

Ler mais

Artistas indígenas de povos das Américas na unidade da Vila Mariana do SESC SP

Encontros Ameríndios, exposição que entra em cartaz no Sesc Vila Mariana a partir do dia 31 de julho, traz um recorte da produção artística de povos indígenas das Américas. Compõem a mostra obras de artistas dos povos Guna (Comarca Kuna Yala, Panamá), Haida (Arquipélago de Haida Gwaii, Colúmbia Britânica, Canadá), Huni Kuin (Terra Indígena do Alto Rio Jordão, Acre, Brasil), Shipibo-Konibo (Comunidade de Cantagallo, Lima, Peru, e Alto Ucayali, Amazônia Peruana) e Tahltan (Telegraph Creek e Vancouver, Colúmbia Britânica, Canadá). Com coordenação da Profa. Dra. Sylvia Cauiby Novaes (CEstA – Centro de Estudos Ameríndios da Universidade de São Paulo) e curadoria do Dr. Aristoteles Barcelos Neto (University of East Anglia, Reino Unido), a proposta é reunir trabalhos que dialogam entre si e permitem reflexões sobre ancestralidade e temas contemporâneos, centrando também nas culturas desses povos.

Ler mais

Salão Paulista de Arte Naïf em primeira edição

Museu de Arte Sacra de São Paulo – MAS/SP, instituição da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo exibe a primeira edição do Salão Paulista de Arte Naïf, realizado pela Totem, Barthô Naïf e Cia Arte Cultura, com aproximadamente 190 obras de artistas de 39 cidades do Estado de São Paulo. Entre os trabalhos podem ser admiradas obras criadas em suportes diversos, tais como pinturas, colagens, desenhos, aquarelas, gravuras, esculturas, entalhes, bordados, costuras e modelagens.

Ler mais

Itaú Cultural Play uma plataforma de streaming dedicada ao cinema brasileiro

Itaú Cultural Play uma plataforma de streaming dedicada ao cinema brasileiro.
O catálogo diverso oferece mais de cem títulos já na estreia e é composto de filmes, séries, programas de TV, festivais e mostras temáticas e competitivas, além de produções audiovisuais de instituições culturais parceiras.
No dia 19 de junho, Dia do Cinema Brasileiro, o Itaú Cultural lançou o Itaú Cultural Play, plataforma de streaming gratuita dedicada a produções nacionais. Gratuito e fácil de cadastrar em entrar, você pode acessar os conteúdos e escolher onde ver, já que a Itaú Cultural Play está disponível para desktop e celular, via tanto sistema Android quanto IOS.

Ler mais

Livro revive a importância de Janete Costa

A arquiteta pernambucana de Garanhuns Janet Costa (1932-2008) literalmente virou-à-mesa da arquitetura brasileira. Principalmente em projetos de ambientes interiores, mudando o olhar que aceitava um artesanato balinês, mas nem podia ver um Vitalino. Seguindo de maneira bastante própria a trilha iniciada por outra arquiteta ícone, Lina Bo Bardi, a identidade brasileira é o diferencial estético.

E é para reforçar esse legado, que o livro “Janete Costa – Arquitetura, Design e Arte Popular”, com edição da Cepe e assinaturas de Júlio Cavani, Adélia Borges, Lauro Cavalcanti, Marcelo Rosenbaum e Marcus Lontra, ganha lançamento.

Ler mais

Kuarup, uma gravadora muito brasileira

Uma das primeiras parcerias da Revista Raiz foi com a Gravadora Kuarup, com um catálogo invejável de artistas com raízes bem brasileiras abrangendo o popular, o chorinho, o samba, o jazz e até o erudito, sem nunca perder o Brasil de foco. Como a Raiz, a Kuarup trata seus artistas com extremo respeito e admiração, com tratamento editorial é sempre primoroso. Sem dúvida, a Gravadora Kuarup apresenta um painel da música brasileira como poucos, hoje são mais de 150 artistas em seu catálogo.

Especializada em música brasileira, o seu acervo concentra a maior coleção de Villa-Lobos em catálogo no País, além dos principais e mais importantes trabalhos de choro, música nordestina, caipira e sertaneja, MPB, samba e música instrumental em geral, com artistas como Baden Powell, Renato Teixeira, Ney Matogrosso, Wagner Tiso, Rolando Boldrin, Paulo Moura, Raphael Rabello, Geraldo Azevedo, Vital Farias, Elomar, Pena Branca & Xavantinho e Arthur Moreira Lima, entre outros.

Ler mais