Músicas

CanaisMúsicas

Marco Mazzola e a história da MPB no livro Ouvindo Estrelas

Conhecido como “Fazedor de estrelas”, “Ouvido de ouro” e “O Midas da MPB”, Marco Mazzola é um dos produtores musicais mais renomados do Brasil, tendo trabalhado com os principais artistas do país como Chico Buarque, Ivete Sangalo, Milton Nascimento, Caetano Veloso, Gilberto Gil, Raul Seixas, Elis Regina e muitos outros. É ainda o idealizador do conceituado Rio Montreux Jazz Festival, além de ter assinado musicais e shows especiais do Rock in Rio e ter sido responsável pela produção musical da trilha sonora e do evento principal do Papa Francisco durante a Jornada Mundial da Juventude (2013). Na sua autobiografia, Mazzola compartilha com o público a sua trajetória pessoal e profissional, repleta de desafios, surpresas e sucessos.

Read More
CanaisIdentidadesLançamentosMúsicas

Espetáculo musical e álbum marcam os 15 anos do Bloco Afro Ilú Oba de Min

As alfaias. Os agogôs. Os xequerês e os Djembes do Bloco Afro Ilú Obá de Min voltam a ecoar nos palcos paulistas com o show inédito “Nossas Vozes, Nossos Cantos – Ilú Obá 15 anos”, na quinta-feira (19), às 21h, no Teatro Paulo Eiró – Grátis. Apresentado pela Casa Natura, o show inédito é fruto do disco comemorativo dos 15 anos do bloco.
Durante o espetáculo, as manifestações culturais populares afro-brasileiras se apresentam como uma ópera popular de rua, com música, dança e performance.

Com participações de Jessica Gaspar, Dani Negra, Samba de Roda Nega Duda e Teatro Solano Trindade, o show inédito mostra esta centrífuga sonora dos saberes ancestrais e a potência cênica feminina.

Read More
CanaisLançamentosMúsicasUncategorized

Saiu o livro Para Ouvir o Samba: Um Século de Sons e Ideias, de Luís Filipe de Lima

aminhos para respostas, ele descreve os traços mais característicos dos subgêneros da manifestação musical; delineia suas origens; “apontando eventuais correlações” entre essas modalidades; e apresenta a “paisagem sonora” do estilo, enumerando seus principais nomes. O livro expõe mais de 20 expressões: “o samba maxixado da Cidade Nova, o samba do Estácio, o samba-choro (do qual derivam o samba de breque, o samba sincopado, o samba de gafieira e o samba-exaltação ufanista), o samba de terreiro (ou ‘de quadra’), o samba de enredo, o samba carnavalesco, o samba-coco, a bossa nova, o sambalanço, o samba-jazz, o samba-rock, o partido-alto, o samba na MPB, e o ‘pós-samba'” – como se refere aos sambistas tradicionais que emergiram com a onda da MPB – “o pagode carioca dos anos 80, o pagode romântico dos anos 90, o pagonejo, o pagode gospel (ou ‘pragod’), os sambas com contribuições regionais, o samba contemporâneo”, sintetiza o autor.

Read More
CanaisDestaquesMúsicas

Kuarup, uma gravadora muito brasileira

Uma das primeiras parcerias da Revista Raiz foi com a Gravadora Kuarup, com um catálogo invejável de artistas com raízes bem brasileiras abrangendo o popular, o chorinho, o samba, o jazz e até o erudito, sem nunca perder o Brasil de foco. Como a Raiz, a Kuarup trata seus artistas com extremo respeito e admiração, com tratamento editorial é sempre primoroso. Sem dúvida, a Gravadora Kuarup apresenta um painel da música brasileira como poucos, hoje são mais de 150 artistas em seu catálogo.

Especializada em música brasileira, o seu acervo concentra a maior coleção de Villa-Lobos em catálogo no País, além dos principais e mais importantes trabalhos de choro, música nordestina, caipira e sertaneja, MPB, samba e música instrumental em geral, com artistas como Baden Powell, Renato Teixeira, Ney Matogrosso, Wagner Tiso, Rolando Boldrin, Paulo Moura, Raphael Rabello, Geraldo Azevedo, Vital Farias, Elomar, Pena Branca & Xavantinho e Arthur Moreira Lima, entre outros.

Read More
CanaisIdentidadesLançamentosMúsicas

III Festival Candeia de cultura popular recheado de atrações

De 10 a 30 de abril de 2021 mais uma edição do Festival Candeia, evento gratuito que tem o objetivo de fomentar a cultura popular brasileira por meio de aulas, bate-papos e apresentações artísticas, trás uma amostragem ampla e artística da cultura popular brasileira.

Totalmente gratuito e online.

Em 2021, no meio da pandemia do Covid 19, o Festival Candeia presta suas homenagens a pilares da nossa cultura popular, do tradicional às manifestações artísticas inspiradas em nossas raízes. Dividido em três pilares: culturas tradicionais, velhas guardas do samba de São Paulo e mulheres da música independente; o Candeia 2021 vai contar com a participação de Chico César, Alessandra Leão, Escola de Samba Vai-Vai, Jongo Dito Ribeiro, Samba do Cururuquara, entre outros grupos e artistas ativos e muito importantes para a cena da cultura popular no Brasil.

Read More
LançamentosMúsicasVisuais

Museu do Ipiranga e Sesc celebram a Independência do Brasil

No dia 7 de setembro, será lançado um videoclipe da canção Paratodos, de Chico Buarque, interpretada pelo CORALUSP e Orquestra Sinfônica da USP. A produção audiovisual tem participação especial do próprio compositor, interpretação das cantoras Anastácia, Kaê Guajajara, Negra Li e Tainara Takua, e será exibida pelo SescTV e nas plataformas digitais do Museu, do Sesc e da USP

Read More